Fazenda aperta o Cerco a Setor de Combustíveis

A Secretaria estadual de Fazenda vai intensificar a fiscalização ao setor de combustíveis. Este mês, cem auditores fiscais entraram em treinamento para identificar novas práticas ilegais no comércio de diesel, gasolina e etanol. Os servidores, lotados em cinco postos de fiscalização nas divisas do Rio, estão sendo orientados por técnicos do Sindicom, o sindicato das distribuidoras. O Batalhão de Operações Especiais da PM (Bope) também capacitou os auditores em segurança preventiva, técnicas de vigilância, abordagem e instrução de tiro. É medida para saberem agir contra quadrilhas armadas. Este ano, a Fazenda estadual já fechou instalações da Distribuidora TRIM, por dívida de R$ 45 milhões de ICMS na venda de etanol. A empresa operava no Rio desde novembro de 2012. Após a interdição, os fiscais apreenderam 15 caminhõestanques da empresa, que transportavam irregularmente 700 mil litros de combustível. A Secretaria de Fazenda também aumentou a fiscalização no varejo. Em fins de 2013, efetuou 1.400 autuações por irregularidades encontradas em lojas de shoppings fluminenses. Mercados atacadistas, como Cadeg e Ceasa, também foram visitados.

Fonte: O Globo (Negócios & Cia)